Vinicius Calasans participa da assinatura do Termo de Parceria do Rating das entidades esportivas

Presidente da Federação Paulista de Wrestling esteve no evento que apresentou ferramenta que tem objetivo de avaliar a qualidade da transparência, integridade e governança das entidades esportivas no Brasil

Vários representantes de entidades esportivas do Brasil se reuniram nesta terça-feira (27) no Centro Cultural dos Correios, em São Paulo (SP), para assinarem o Termo de Parceria do Rating das Entidades Esportivas, um documento que estabelece o compromisso de adesão e utilização de uma ferramenta para avaliar a qualidade da transparência, integridade e governança por parte das entidades esportivas.

Entre os presentes que assinaram o documento estavam o vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderney, Raí Oliveira (presidente da Atletas pelo Brasil), Edson Garcia (superintendente do Comitê Brasileiro de Clubes), Caio Magri (presidente do Instituto Ethos) e Ivaldo Brandão, segundo vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Convidado para representar a Confederação Brasileira de Wrestling no evento, o presidente da Federação Paulista, Vinicius Calasans, marcou presença e disse se sentir honrado por participar de um momento importante para o esporte brasileiro. “Vários presidentes de federaçoes, confederações, atletas e ex-atletas participaram da assinatura do Termo, que é um passo importante para que as modalidades cresçam ainda mais no nosso País. E poder fazer parte desse momento marcante é realmente muito especial”, declara.

Esporte como educação

Enquanto discursava no evento, Raí ressaltou que o esporte no Brasil também serve como educação, fato que fez Calasans se identificar com a fala do ex-jogador. “Quando o Raí ressaltou que o esporte também trabalha como um agente da educação, eu lembrei da nossa academia, pois meu pai sempre nos passou o princípio de que o esporte pode ser essa ferramenta de formação e educação. Por isso, sempre passamos essa idéia para todos em nossa academia.”

Exemplo vem do Rugby

Se engana quem pensa que para se encontrar uma entidade exemplo em práticas de governança é necessário ir para a Europa ou Estados Unidos. Pelo contrário, o modelo se encontra “dentro da própria casa”.

Para Vinicius Calasans a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu), eleita em 2015 a entidade que tem as melhores práticas de governança no Brasil, mostra que é possível colocar em prática um modelo de gestão transparente, mesmo em um País onde escândalos de corrupção estão presentes cada vez mais no dia a dia. “O Sami [Arap Sobrinho], presidente da Confederação, mostrou que é possível fazer um trabalho sério à frente de uma entidade, colocando em prática fatores como governança e transparência, que é o que o Rating propõe. Hoje a CBRu colhe os frutos disso e pode ser considerada uma das referências no assunto. Com certeza é um modelo a ser seguido pelas outras entidades”, pontua Calasans.

 

O que é o Rating?

O Rating surgiu a partir de necessidade de se criar um mecanismo que reconhecesse, avaliasse e mostrasse, de maneira transparente, a melhoria da governança, uma questão identificada pelas empresas que assinaram o Pacto pelo Esporte e assumiram a responsabilidade de apoiar a melhoria da gestão das entidades esportivas patrocinadas.

A ferramenta será lançada em outubro deste ano e qualquer entidade ou clube pode utilizar. O Rating tem como objetivo aprimorar a gestão e conferir mais transparência a clubes, federações e confederações esportivas.