UMA BREVE HISTÓRIA DE LUTA (WRESTLING)

 

Marcos Timóteo Rodrigues de Sousa

Árbitro Nacional pela CBW e Treinador de Greco Romana

 
A luta nasce com o homem, a fim de sobreviver, ou o desejo de dominar, em seguida, tornando-se uma concorrência competitiva e um exercício eficaz para as batalhas. Um dos primeiros registros, detalhado e vibrante, de uma luta "dura" remonta a Homero, que no Livro XXIII da Ilíada descreve com considerável habilidade, a técnica e a força do "terrível" Ajax Telamon (Tróia, Grécia, 1.720 a.C.)

 

Figura 1: A Luta na Grécia Antiga

 

Fonte: http://www.ig.com.br/tudo-sobre/luta/
 

A figura 1 exibe a Atenas de 580 - a.C., a Luta nos Jogos Olímpicos da Antiguidade e seus desdobramentos. Observe a postura do árbitro, da plateia e o palco da luta, coisas muito específicas e peculiares daquele momento. Mas vale destacar que a herança do passado distante nos trouxe a atual configuração com o uso de regras, uniformes, melhoria das técnicas e o uso do tapete e tatames. Naquela época, os atletas da Luta ganhavam $500 Dracmas pela vitória, ou seja, já havia patrocinadores dos jogos e das lutas.

A Luta Olímpica estava no programa da primeira edição da Olimpíada da Era Moderna, em 1896, e apenas em 1900, foi a única edição em que o esporte não constou no programa. Ambos os estilos, Estilo-Livre e Greco-Romano, são disputados em Olimpíadas desde 1920. Antes disso, exceto em 1908, apenas um dos estilos era usado nos Jogos, o Greco-Romano.

 

Algo muito relevante na história da luta é que todos os continentes tem em sua formação social algo relacionado ao atual e moderno Wrestling. No Brasil temos na tribo Xingu o “Huka-Huka”, em vários países da Europa e várias regiões da África e Ásia encontramos lutas similares ao Wrestling Moderno. Existe uma vasta bibliografia internacional na qual retrata a histórias da Luta. 

Tabela 1: Luta em diferentes idiomas

Luta

Idioma

Wrestling

Inglês

Luta Olímpica

Português

Lotta

Italiano

Lutte

Francês

Lucha

Espanhol

Güreş

Turco

قتال

Árabe

Борьба

Russo

Πάλη

Grego

Lupta greco-romane

Romeno

Ըմբշամարտ

Georgiano

Birkózás

Húngaro

Borba

Croata

 

A tabela 1 exibe uma pequana ideia sobre as diferentes formas de expressão linguistica da luta. Pensar a luta e treinar faz parte da cultura de vários povos.

 

Referência Bibliográfica:

 

LE BORDELAIS, François. La leçon de lutte. Paris, Neuilly Sur Seine, 1899.